Books Should Be Free is now
Loyal Books
Free Public Domain Audiobooks & eBook Downloads
Search by: Title, Author or Keyword

Aquela Família Tipos, caricaturas e episódios provincianos   By: (1883-1967)

Book cover

First Page:

Ladislau Patrício

Aquela família...

(Tipos, caricaturas e episódios provincianos)

1914 COIMBRA MOURA MARQUES Livreiro editor 19, Largo Miguel Bombarda, 25

Aquela família...

TIPOGRAFIA PROGRESSO DE DOMINGOS AUGUSTO DA SILVA Rua Dr. Souza Viterbo, 91 Porto 1914

Ladislau Patrício

Aquela família...

(Tipos, caricaturas e episódios provincianos)

1914 COIMBRA MOURA MARQUES Livreiro editor 19, Largo Miguel Bombarda, 25

Aquela família...

Aquela família...

A princípio eu ia só, numa carruagem de segunda , o que me permitia desfrutar o panorama e gozar uma relativa comodidade. Mas mais adiante, numa estação qualquer, mal o comboio parou, a portinhola abriu se e o meu compartimento foi invadido de assalto por uma família inteira que atravancava tudo: rêdes, bancos, o menor espaço disponível, com malas, embrulhos e cestinhos, uma infinidade de volumes!

O chefe do rancho era um homem nédio, sanguíneo, que rebocava uma senhora pesada (onde eu adivinhei a espôsa) e mais duas raparigas e um garoto, de marinheiro, magrinho, linfático e triste.

Auxiliei os. Fiz menção de ajudar as damas a subir. E quando a máquina apitou e o trem se pôs em marcha com um ranger de molas e de engates, ainda nós todos dispúnhamos a bagagem amontoada nas proporções dum Himalaia.

Agradeceram, muito penhorados; e depois de instalados convenientemente, o dono de tudo aquilo, que limpava com um lenço enorme as bagas de suor, pediu me licença para tirar o casaco e envergar o guarda pó.

Parece que estamos no Congo! justificou. Este calor está mesmo a exigir tanga...

Eu sorri, relanceando um olhar às donzelas, que sorriram tambêm, ruborizadas, daquela ideia africana do papá. E êste, farejando em mim uma índole comunicativa, inquiriu satisfeito:

O cavalheiro vem de Lisboa?

Não senhor. Eu sou da Beira.

Da Beira!... Então é de Vizeu?

Sorri de novo, discretamente, respeitando as noções corográficas do viajante simplório, que o acaso colocára assim na minha presença.

Apressei me por isso a confirmar:

Sou de Vizeu...

Nesse caso conhece lá o Gastão?

O Gastão?!

Sim, o Gastão Vieira, dos Impostos.

Achei divertido conhecer o Gastão. Recordei me:

Ora se conheço! Estou doido! Conheço perfeitamente...

Mas depressa caí em mim, reflecti que podia ser colhido na mentira. Foi, portanto, para eximir me a perguntas que ferviam já nos lábios do companheiro que eu perguntei do meu lado:

E V. Ex.ª? V. Ex.ª é daqui dêstes sitios?

Sim senhor. Mas agora vamos para banhos. Isto que o sr. aqui vê (com um gesto circular indicava a família) pertence me. O rapaz é fraquito, tem escrófulas (apontava o pescoço do fedelho) olhe! Dizia me o dr. Maia... Conhece?

Declarei que não.

Pois admira... Espere, agora me lembro: deve conhecer. Êle até costuma ir muito a Vizeu. É irmão do padre Levi, Levi da Maia, duma família muito ilustre que tem uma irmã viscondessa. O sr. conhece com certeza...

E como eu insistisse na negativa:

O padre Levi, homem! o que escreve no Vouga ... Não conhece o senhor outra coisa!

Tive de lhe dizer que sim.

Havia me insinuado já no ânimo duma das meninas com quem entretinha desde a última estação um namôro matreiro: e apontava lhe como flechas os olhos amorudos, dardejando me ela os seus, redondinhos, negros, sertanejos... Continue reading book >>




eBook Downloads
ePUB eBook
• iBooks for iPhone and iPad
• Nook
• Sony Reader
Kindle eBook
• Mobi file format for Kindle
Read eBook
• Load eBook in browser
Text File eBook
• Computers
• Windows
• Mac

Review this book



Popular Genres
More Genres
Languages
Paid Books