Books Should Be Free is now
Loyal Books
Free Public Domain Audiobooks & eBook Downloads
Search by: Title, Author or Keyword

Descobrimento das Filippinas pelo navegador portuguez Fernão de Magalhães   By: (1843-1924)

Book cover

First Page:

Notas de transcrição:

No livro original existia uma errata no final do mesmo. Os erros identificados nessa errata foram corrigidos nesta edição, tendo se mantido a lista de erros originais. Adicionalmente foram corrigidos alguns erros tipográficos evidentes. Nesta edição em texto simples não se faz referencia às ilustrações presentes no livro impresso, já que não contém informação relevante.

CAETANO ALBERTO

DESCOBRIMENTO

DAS

FILIPPINAS

PELO NAVEGADOR PORTUGUEZ

FERNÃO DE MAGALHÃES

Edição illustrada

LISBOA EMPREZA DO OCCIDENTE Largo do Poço Novo 1898

DESCOBRIMENTO DAS FILIPPINAS

CAETANO ALBERTO

DESCOBRIMENTO

DAS

FILIPPINAS

PELO NAVEGADOR PORTUGUEZ

FERNÃO DE MAGALHÃES

Edição illustrada

LISBOA EMPREZA DO OCCIDENTE 1898

Á memoria de seu tio

O CAPITÃO

Paulo Antonio da Rocha

O. e D.

O Auctor.

I

Primus circumdidisti me. Foste o primeiro que me circumdou. Foi esta a divisa que Carlos V, o imperador, escreveu na esphera que encimou o brazão de Sebastião de Elcano, o afortunado piloto castelhano, que do mar do sul trouxe a S. Lucar de Barrameda, a nau Victoria , com a noticia da descoberta das ilhas Mariannas, tendo dado a volta ao mundo.

Afortunado chamámos a Sebastião de Elcano, e que maior fortuna que colher os loiros que deviam cingir a fronte de outro, a quem a sua má estrella lhe anoitou a existencia depois de o ter guiado á victoria!

E que outro podia ser que um portuguez a devassar os mares, a circundar o globo?!

Que de emprezas arrojadas; que de feitos d'armas; que de acções generosas; que de progressos das sciencias se poderão apontar na historia, que não encontreis á sua frente primeiro entre os primeiros: o portuguez.

Ah! que até chego a duvidar se estou acordado ou sonhando, quando ouço para ahi tanto pessimismo a amesquinhar o nosso valor, a duvidar, a descrêr de nós proprios!

Não ha talvez outro exemplo de uma nacionalidade assim!

Tão grande; tão prestimosa; tão brilhante, que o seu nome está escripto no mundo inteiro, pelos mares, nas ilhas, nos continentes, nos mais reconditos sertões e até nos astros como adiante veremos e que tão pouco julgue de si; tendo se por fraca quando tanto é o seu valor; julgando se pobre quando é tão rica, que tem dado prodigamente a outros e tanto ainda lhe resta para si; que tendo uma historia tão gloriosa como outra não ha, pense que não é d'ella que ha de viver, como se fosse uma Roma cahida, que já não tem a girar lhe nas veias o mesmo sangue com que escreveu essa historia!

Mas então o que valem os feitos dos nossos soldados, que ainda nos principios d'este seculo se batiam e levavam de vencida as legiões do primeiro capitão, que avassalava o mundo com a sua espada e que veio encontrar, n'este recanto da peninsula, os primeiros revezes da guerra que o levaram por fim a Santa Helena: O grande Bonaparte!; mas que valem, em nossos dias essas victorias alcançadas em Africa; que dispertam a admiração do mundo; que significa ainda o triumpho que n'este momento as armas portuguezas estão alcançando na Oceania?; o que vale... Continue reading book >>




eBook Downloads
ePUB eBook
• iBooks for iPhone and iPad
• Nook
• Sony Reader
Kindle eBook
• Mobi file format for Kindle
Read eBook
• Load eBook in browser
Text File eBook
• Computers
• Windows
• Mac

Review this book



Popular Genres
More Genres
Languages
Paid Books