Books Should Be Free is now
Loyal Books
Free Public Domain Audiobooks & eBook Downloads
Search by: Title, Author or Keyword

Elegia da solidão   By: (1877-1952)

Book cover

First Page:

TEIXEIRA DE PASCOAES

Elegia da Solidão

1920.

Tip. «Flor do Tamega» Amarante.

ELEGIA DA SOLIDÃO

a Fernando Maristany

O incendio do sol pôr exala um fumo rôxo Que ás cousas vela a face... A macerada flôr da solidão renasce; O seu perfume é fria e branda magua, Bruma que já foi agua... Todo sombra e luar esvoaça o môcho; Uma nuvem enorme, ao longe, no poente Desvenda o coração que se deslumbra E abraza intimamente... O silencio a crescer, é onda que se espalha... Sente se vir o outomno; é já noitinha, orvalha... Nos êrmos pinheiraes gemem as noitibós E vultos de mulher, sumidos na penumbra, Passam cantando, além, com lagrimas na voz...

Ó tristeza do mundo em tardes outomnaes! Longinqua dôr beijando nos o rôsto... Crepusculo esfumado em intimo desgôsto, Bôca da noite acêsa em frios ais... Aparição soturna, vaga imagem Do mêdo e do misterio... Que solidão escura na paisagem! Tem phantasmas e cruzes, Tem ciprestes ao vento e moribundas luzes, Como se fosse um grande cemiterio.

Olho em volta de mim, cheio de mêdo... Tudo É morta indiferença, espectro mudo! É o Verbo original arrefecido Em fragaredos brutos convertido; Extinto Fiat Lux , cadaver que fluctua No ceu nocturno e fundo... As almas que partiram d'este mundo Voltam na luz da lua. São phantasmas em neve amortalhados, Eternamente tristes e calados... São sonhos esvaidos, nevoa fria, Perfis de fumo e de melancolia... Vagas formas de imagem ilusoria Que a lua merencoria Molda em penumbra e cêra Na noite transparente de chimera.

E todavia eu sinto Um acordar de instinto, Um palpitar de viva claridade Em cada cousa obscura... O aroma d'uma flôr quem sabe se é ternura? A noite não será phantastica saudade? A deusa que semeia estrelas no Infinito E corôa de lagrimas divinas A extatica tragedia das ruinas, Toda em versos de marmore e granito? Misteriosamente Sobe da terra um sonho transcendente; Emanação de mistica tristeza, Como o fumo d'um lar Que tem, junto do fogo, alminhas a rezar.

Mas, ai, a Natureza, Reservada e offendida, afasta se de nós! E na sua mudez arrefecida Congela a minha voz... Um silencio mortal separa me de tudo! E como a sombra tragica da vida, Vou pelo mundo além; Enorme espectro mudo, Monstruosa presença de ninguem! Vivo sósinho e triste, assujeitado Ao meu phantasma errante e desgraçado, Em ermos de abandono; Ermos de Portugal, Onde a alma do sol divaga com o outomno N'um sempiterno idilio sepulcral.

Sou nada, e quero ser! Quero ser tudo, e eu! Quero viver A vida misteriosa... Interrogo o silencio e a noite rumorosa De sombras e segredos... Contemplo comovido os astros e os penedos, E fico a ouvir as fontes n'um eterno Queixume que ergue a voz durante o negro inverno! Passo horas a aspirar o aroma d'uma flôr; Sombra que eu vejo em pétalas de côr Esparsas, ondeantes, Nas virgens claridades madrugantes. E a pura sensação que me domina, É qual longinqua Apparição divina Que me seduz e afaga... E de estrela em estrela é alma que divaga... Quantas vezes me sento á beira d'um abismo, Sobre escarpados blócos; E em mim perdido scismo... E ouço apenas cair nos tenebrosos fundos, As lagrimas de luz que vêm dos outros mundos E a neve do silencio em negros flócos.

Absorvo me na noite e no misterio; Erro, ao luar, em êrmo cemiterio, Sob as azas geladas do nordeste ; Interrogo na vala a sombra do cipreste Rumorosa d'um funebre desgosto, Com gestos espectraes ás horas do sol posto... E n'um doido, febril deslumbramento, Vejo me sepultado em pensamento E durmo, durmo, durmo a Eternidade...

Subito, acordo e volto á claridade! Sáio da fria cova; Uma sombra infantil cái d'esta imagem nova Que sobre mim baixou do sol a arder...

Que alegria, meu Deus, tornar a ser!

E sinto um novo amor por tudo quanto existe! Reso de joelhos vendo a tarde triste, Pintada a sangue, em longes de pinhaes... Continue reading book >>




eBook Downloads
ePUB eBook
• iBooks for iPhone and iPad
• Nook
• Sony Reader
Kindle eBook
• Mobi file format for Kindle
Read eBook
• Load eBook in browser
Text File eBook
• Computers
• Windows
• Mac

Review this book



Popular Genres
More Genres
Languages
Paid Books