Books Should Be Free is now
Loyal Books
Free Public Domain Audiobooks & eBook Downloads
Search by: Title, Author or Keyword

O descobrimento do Brasil por Pedro Alvares Cabral   By:

Book cover

First Page:

PEDRO ALVARES CABRAL

E text prepared by Pedro Saborano

COMMEMORAÇÃO DA DESCOBERTA DA AMERICA

O DESCOBRIMENTO DO BRASIL POR PEDRO ALVARES CABRAL

MEMORIA DE A. A. BALDAQUE DA SILVA

Capitão tenente da armada e engenheiro hydrographo

Lisboa Typographia da Academia Real das Sciencias 1892

O DESCOBRIMENTO DO BRASIL POR PEDRO ALVARES CABRAL

De Mauritania os montes, e logares, Terra que Antheo n'hum tempo possuio, Deixando á mão esquerda; que á direita Não ha certeza d'outra, mas suspeita . CAMÕES, Lus. , Canto V, est. IV.

Sete annos e meio depois de Christovam Colombo ter demandado as Antilhas, realisou se outra descoberta não menos importante, comprehendida no mesmo periodo iniciador das primeiras explorações maritimas que deram a conhecer praticamente a verdadeira distribuição das terras e dos mares sobre o globo.

Colombo, genovez ao serviço de Castella, descobre terra da America central; Cabral e Corte Real, portuguezes e ao serviço de Portugal, descobrem terras da America austral e septentrional; fundindo estes tres descobrimentos fundamentaes em um unico, que torna conhecido um Novo Mundo ao occidente da Europa e Africa.

Colombo encontra terra a oeste; Corte Real procura a ao noroeste; e Cabral explora a ao sudoeste, irradiando todos tres da parte mais avançada da Peninsula sobre o grande oceano Atlantico.

Pedro Alvares Cabral parte do Tejo, com destino á India, a 9 de março de 1500, seguindo o primeiro exemplo pratico, dado por Vasco da Gama em 1497, de cortar a linha a oeste do meridiano das Ilhas de Cabo Verde, para evitar as calmas do norte do equador e utilizar os ventos geraes, facto aproveitado e vulgarisado por todos os navegadores portuguezes que se lhe succederam; e desvia se ainda mais para oeste, não só por vantagem da navegação, mas tambem porque pretende na passagem reconhecer os mares occidentaes, onde ha toda a probabilidade de encontrar terra; a qual realmente descobriu, avistando a 24 de abril o Monte Pascal, em terras de Vera Cruz, que abordou e de que solemnemente tomou posse em nome de El Rei de Portugal, continuando em seguida a sua derrota para a India, depois de ter enviado para Lisboa, com a noticia d'este acontecimento, um navio que para este fim levava na expedição.

A demonstração do proposito em que ia Pedro Alvares Cabral de procurar terra ao sudoeste, em frente da Africa, faz se hoje com toda a exactidão historica e scientifica, e fundamenta se com documentos authenticos d'essa epocha e com resultados rigorosos deduzidos dos conhecimentos que ha sobre as tempestades, ventos e correntes maritimas do oceano Atlantico.

Tres unicas hypotheses se podem estabelecer ácerca da descoberta do Brasil por Pedro Alvares Cabral:

I. Que os navios da expedição foram arrastados para oeste pela acção forçada e insuperavel do meio em que navegavam;

II. Que os navios foram desviados para oeste por erro commettido na navegação;

III. Que a expedição se dirigiu para oeste propositadamente.

Provando que as duas hypotheses I e II são destituidas de fundamento, o que chamaremos demonstração negativa teremos que admittir forçosamente a hypothese III; restando unicamente determinar a natureza do proposito de ir para oeste, que podia ser motivado por presupposta vantagem da navegação, proporcionando uma descoberta fortuita, ou por intenção de procurar terra a oeste, o que constituirá para o nosso caso a demonstração positiva do verdadeiro caracter que revestiu este descobrimento.

DEMONSTRAÇÃO NEGATIVA

I. Que os navios da expedição foram arrastados para oeste pela acção forçada e insuperavel do meio em que navegavam.

Esta hypothese desdobra se em duas outras:

1.ª Que os navios da expedição foram impellidos para oeste pelas correntes athmosphericas;

2.ª Que os navios da expedição foram arrastados para oeste pelas correntes maritimas.

A 1.ª hypothese é inadmissivel pelos factos e razões seguintes:

a) Não consta da descripção minuciosa d'esta viagem, feita por Pero Vaz Caminha, que ia a bordo, que depois de passadas as Ilhas de Cabo Verde sobreviesse tempestade; facto notavel que não ficaria de certo omittido na carta d'este escriptor se tivesse determinado tão inesperado acontecimento... Continue reading book >>




eBook Downloads
ePUB eBook
• iBooks for iPhone and iPad
• Nook
• Sony Reader
Kindle eBook
• Mobi file format for Kindle
Read eBook
• Load eBook in browser
Text File eBook
• Computers
• Windows
• Mac

Review this book



Popular Genres
More Genres
Languages
Paid Books