Books Should Be Free is now
Loyal Books
Free Public Domain Audiobooks & eBook Downloads
Search by: Title, Author or Keyword

A espada de Alexandre Corte profundo da questão do Homem-Mulher e Mulher-Homem   By: (1825-1890)

Book cover

First Page:

A ESPADA DE ALEXANDRE.

CORTE PROFUNDO NA QUESTÃO DO HOMEM MULHER E MULHER HOMEM

POR

UM SOCIO PRENDADO DE VARIAS PHILARMONICAS

PORTO TYPOGRAPHIA DA CASA REAL Praça de Santa Thereza, 63

1872

A ESPADA DE ALEXANDRE.

A ESPADA DE ALEXANDRE.

CORTE PROFUNDO NA QUESTÃO DO HOMEM MULHER E MULHER HOMEM

POR

UM SOCIO PRENDADO DE VARIAS PHILARMONICAS

PORTO TYPOGRAPHIA DA CASA REAL Praça de Santa Thereza, 63

1872

CARTA AO MEU VISINHO RAIMUNDO,

POETA LAUREADO NA «AGUIA D'OURO»

MEU CARO SENHOR E VISINHO!

Era por uma noite de lua cheia do agosto preterito. Estava eu á janella do terceiro andar, onde moro, n'esta fragrante rua das Congostas, ninho de poetas e philosophos, floresta ramalhosa onde v. s.ª regorgeia as suas lyras, e eu medito Theophilo e Rozalino Candido.

Estavam então v. s.ª e sua esposa, com as vidraças erguidas, banhados de resplendores da lua, altercando em voz alta a respeito de um livro de Alexandre Dumas Filho, obra que por ahi gira com o titulo hermaphrodita de HOMEM MULHER.

Dizia sua esposa que o auctor do livro atacava o direito, a justiça, a religião e o pudor. Replicava o snr. Raimundo que o auctor do livro não atacava nada; pelo contrario defendia tudo.

Redarguia s. exc.ª que a mansão conjugal não é açougue, nem a esposa vaca, nem o marido megarefe. Recalcitrava v. s.ª que a esposa devia considerar se vaca, desde que o marido era boi. L'Homme Femme Le Boeuf vache! Está claro.

Contenderam largo espaço os meus prezados visinhos n'este honesto certame; e, ao mesmo passo que mutuamente se illustravam nos deveres de cada um, abriam no meu cerebro um jacto de philosophias que eu passo a golphar aos quatro ventos da terra.

Os sentimentos bem ou mal expendidos n'esta carta, meu prezado visinho, são uma especie de prolegómenos com que tenciono predispor os animos para a representação de uma tragedia, em que trabalho ha muito, intitulada O homem de Claudia . Não se presuma, porém, que eu venho com esta noticia aliciar espectadores para a minha tragedia no Theatro Circo. Não, snr. Raimundo. Eu sou publicista da eschola de Mestre Theophilo o symbolico,

.......... um que tem nos MALABARES Do summo sacerdocio a dignidade,

como a respeito d'elle vaticinou Luiz de Camoens, no Cant. X, est. 11.

Publico um livro, sei que ninguem m'o compra, nem m'o lê; mas convenço me, á laia do mestre, que os meus livros ensinam tudo que os outros sabem. Esta ronha pegou m'a elle, o Grão Lama, que imagina fazer reformas de raças com os seus livros de dentadura anavalhada como Cadmus fazia homens com a dentuça do dragão. Ajoujei me, pois, na canga d'este pedagogo, e vou bem.

Revertendo ao ponto:

Affirmam auctores de boa nota que a mulher é femea, femina . N'este parecer abundam D. Antonio Ayres, bispo do Algarve, na «Reforma» do aprisoamento, e Bento Pereira, na Prosodia . Auctoras tambem de boa nota asseveram que o homem é macho. Do inlace e coezão d'estas entidades heterogenias forma se o Macho Femea, o colchete phyloginio. Faça me o favor, snr. Raimundo, de alçapremar o seu intellecto á altura d'estes principios. Em materias transcendentes seja me aguia e não kágado.

No principio do mundo (não iremos mais longe por em quanto) extrahiu Deus a femea do intercôsto do homem. Aurora do paraizo! Então era a costella do homem que dava a mulher; hoje em dia, ha homens com todas as costellas partidas por que desejaram uma ou duas mulheres! O lombo do rei da creação perdeu bastante da sua importancia desde que os nossos irmãos anthropophagos pegaram d'extrahir d'elle sandwichs... Continue reading book >>




eBook Downloads
ePUB eBook
• iBooks for iPhone and iPad
• Nook
• Sony Reader
Kindle eBook
• Mobi file format for Kindle
Read eBook
• Load eBook in browser
Text File eBook
• Computers
• Windows
• Mac

Review this book



Popular Genres
More Genres
Languages
Paid Books