Books Should Be Free is now
Loyal Books
Free Public Domain Audiobooks & eBook Downloads
Search by: Title, Author or Keyword

Portuguese: 40 free audio books

Book type:
Sort by:
View by:

By: Various

Book cover Antologia de Discursos em Português

Coleção de discursos famosos, traduzidos para o português ou escritos em português.

By: Antero de Quental

Os Sonetos Completos by Antero de Quental Os Sonetos Completos

Antero de Quental foi a figura central da Geração de 70, responsável pelo início da poesia moderna, a partir da maior polêmica literária de Portugal, conhecida como "Questão Coimbrã". Destacando-se não apenas como poeta, mas também pelos seus ensaios filosóficos e literários, e na luta por ideais de liberdade e justiça social, Antero de Quental teve uma vida pública intensa e apaixonada, e deixou uma obra jornalística e literária de grande volume e valor.O volume intitulado Os Sonetos Completos foi pessoalmente organizado pelo autor em 1886. (Resumo escrito por Leni)

By: Antonio Frederico de Castro Alves (1847-1871)

Os Escravos by Antonio Frederico de Castro Alves Os Escravos

Os Escravos é uma coleção de poemas do escritor brasileiro Castro Alves com temática centrada no drama da exploração dos escravos. Em função de sua renhida luta contra pelo fim da escravidão no Brasil, este poeta ficou conhecido como “Poeta dos Escravos”. Este volume, publicado postumamente em 1883, recolhe muitos dos poemas que tornaram Castro Alves um símbolo da luta dos que não tem voz, como lembra Pablo Neruda em poema dedicado a Alves: “em portas até então fechadas para que, combatendo, a liberdade entrasse”. (Sumário escrito por Leni)

By: Artur de Azevedo

Contos by Artur de Azevedo Contos

Artur de Azevedo (1855-1908) foi um dos principais autores de teatro no Brasil do século XIX. Dando continuidade à obra de Martins Pena, consolidou a comédia de costumes brasileira, sendo no país o principal autor do teatro de revista, em sua primeira fase. Sua atividade jornalística foi intensa, devendo-se a ele a publicação de uma série de revistas, além da fundação de alguns jornais cariocas. Ficou também conhecido por suas crônicas e contos, sempre cheios de humor. Esta coleção éuma recolha de seus contos, publicados, em sua maior parte, no livro Contos Possíveis, de 1908. (Sumário adaptado da Wikipedia por Leni)

Amor por Anexins by Artur de Azevedo Amor por Anexins

Artur de Azevedo foi um dramaturgo, poeta, contista e jornalista brasileiro. Amor por Anexins é uma curta peça em um ato, escrita em 1872, sendo o primeiro trabalho de Artur de Azevedo deste gênero. Sua primeira peça teve grande êxito sendo representada mais de 1000 vezes ainda no século XIX. (Sumário escrito por Vicente)

By: Augusto dos Anjos

Eu e Outras Poesias by Augusto dos Anjos Eu e Outras Poesias

Augusto dos Anjos (1884-1914) é um dos mais originais poetas brasileiros, e também um dos mais populares. Sua obra consiste, porém, em apenas um livro. "Eu" foi publicado ainda em vida do autor; outros poemas, publicados em periódicos ou inéditos, foram coligidos após sua morte e acrescentados ao volume organizado pelo autor, renomeado então "Eu e Outras Poesias". Aclamada pelo público e pela crítica, sua obra foi repudiada por muitos em sua época, e ainda causa estranheza, pela mistura de vocabulário coloquial e científico, pelos temas exacerbadamente macabros e pessimistas, pelo exagero sistemáticos na linguagem e no tratamento dos temas...

By: Bernardim Ribeiro (1482-1552)

Saudades: História de Menina e Moça by Bernardim Ribeiro Saudades: História de Menina e Moça

"Saudades" é o primeiro romance pastoril escrito em língua portuguesa. É também conhecido como "História de Menina e Moça' ou somente "Menina e Moça", em razão da primeira frase do livro: "Menina e moça me levaram de casa de minha mãe para muito longe". Publicado pela primeira vez em 1554, o romance é considerado o precursor do gênero bucólico em Portugal, e por isso tornou-se importante, mesmo que inacabado. A linguagem do romance, semelhante à dos árcades de um século depois e repleta de misticismo, é comparada à da Bíblia, nos cânticos e salmos...

By: Camilo Ferreira Botelho Castelo Branco

Noites de insomnia, offerecidas a quem não póde dormir, volume 1 by Camilo Ferreira Botelho Castelo Branco Noites de insomnia, offerecidas a quem não póde dormir, volume 1

Camilo Castelo Branco foi o primeiro escritor português a conseguir viver dos seus trabalhos literários. Apesar desta situação poder condicionar a sua escrita, Camilo conseguiu manter o seu estilo muito próprio que o levou a ser considerado um dos mais importantes escritores da literatura portuguesa. Noites de insomnia, offerecidas a quem não póde dormir, trata-se de uma colecção de doze volumes, de publicação mensal, em que Camilo Castelo Branco apresenta pequenos textos sobre variadas temáticas e que, segundo o próprio, foram inspirados nas suas muitas noites de insónia. (Resumo por sailormoon)

Book cover Amor de Perdição

Amor de Perdição é uma das obras mais marcantes de Camilo, um dos mais importantes e proliferos romancistas portugueses. Inspirado nos amores de Romeu e Julieta, Camilo conta-nos a história do amor proibido de seu tio Simão, de intrigas, crimes e desespero. Mas a história relata-nos também o seu próprio sofrimento, já que Camilo a escreve na Cadeia da Relação do Porto, onde está preso por um amor proibido. (Resumo por sailormoon)

By: Casimiro José Marques de Abreu

As Primaveras by Casimiro José Marques de Abreu As Primaveras

Casimiro nasceu na Fazenda da Prata, em Capivary ( Silva Jardim ).A localidade onde viveu parte de sua vida, Barra de São João, é hoje distrito do município que leva seu nome, e também chamada "Casimirana", em sua homenagem.Estudou em Nova Friburgo. Com 13 anos foi para o Rio de Janeiro para trabalhar com o pai.Em 1853 foi para Portugal, onde entrou em contato com o meio intelectual e escreveu a maior parte de sua obra. Foi um dos poetas mais populares do Romantismo no Brasil. Seu sucesso literário, no entanto, deu-se somente depois de sua morte, com numerosas edições de seus poemas, tanto no Brasil, quanto em Portugal...

By: Cruz e Sousa

Broquéis by Cruz e Sousa Broquéis

Cruz e Sousa foi um poeta brasileiro, considerado um dos precursores do movimento simbolista no Brasil. Seus poemas são marcados pela musicalidade e pelo sensualismo, mesclado com uma espiritualidade e religiosidade de maneira às vezes espantosa. "Broquéis" foi seu livro de estréia, e contém algumas de suas obras mais famosas, como o poema "Antífona", peça de abertura do livro. (Sumário escrito por Leni)

By: Esopo (620-564 BCE)

Fábulas de Esopo, com aplicações morais a cada fábula by Esopo Fábulas de Esopo, com aplicações morais a cada fábula

Esopo é um lendário autor grego, que teria vivido na Antigüidade, ao qual se atribui a paternidade da fábula como gênero literário. As Fábulas de Esopo serviram como base para recriações de outros escritores ao longo dos séculos, como Fedro e La Fontaine.O local de seu nascimento é incerto — Trácia, Frígia, Etiópia, Samos, e Sardes todas clamam a honra. Eventualmente morreu em Delfos. Na verdade, todos os dados referentes a Esopo são discutíveis e trata-se mais de um personagem lendário do que histórico...

By: Euclides da Cunha

Os Sertões by Euclides da Cunha Os Sertões

Os Sertões é um livro brasileiro, escrito por Euclides da Cunha e publicado em 1902. Trata da Guerra de Canudos (1896-1897), no interior da Bahia. Euclides da Cunha tinha presenciado uma parte desta guerra como correspondente do jornal O Estado de S. Paulo, e ao retornar escreveu um dos maiores livros já escritos por um brasileiro. Pertence, ao mesmo tempo, à prosa científica e à prosa artística. Pode ser entendido como um obra de Sociologia, Geografia, História ou crítica humana. Mas não é errado lê-lo como uma epopéia da vida sertaneja em sua luta diária contra a paisagem e a incompreensão das elites governamentais.(Sumário extraído da Wikipédia)

By: Fyodor Dostoyevsky

Book cover Um club da má língua

O nome do autor é ocasionalmente grafado como Dostoievsky – foi um escritor russo, considerado um dos maiores romancistas da literatura russa e um dos mais inovadores artistas de todos os tempos.Nesta obra, que lembra uma peça de teatro, é feita uma sátira à hipocrisia das relações sociais na "sociedade" de Mordassov, e às personagens dessa sociedade que se baseiam em intrigas e mentiras para sustentar o seu nível social.Publicada em português em 1908. (Resumo adaptado da Wikipédia por Vicente)

By: João Ferreira de Almeida, trad.

Bíblia (ALM) 01: Gênesis by João Ferreira de Almeida, trad. Bíblia (ALM) 01: Gênesis

A tradução feita por João Ferreira de Almeida é considerada um marco na história da Bíblia em português pois foi a primeira tradução do Novo Testamento a partir das línguas originais. O trabalho de João Ferreira de Almeida é para a língua portuguesa o que a Bíblia de Lutero é para alemã e a King James Version para a inglesa. Num trabalho que se estendeu por toda a sua vida, Almeida começou a tradução pelo Novo Testamento, dedicando-se ao Velho Testamento já em idade avançada...

By: Joaquim Maria Machado de Assis

Book cover Contos Fluminenses e Histórias da Meia-Noite

Contos Fluminenses, originalmente publicado em 1870, e Histórias da Meia-Noite, publicado em 1873, são os dois primeiros livros de contos de Machado de Assis, famoso escritor brasileiro. Nestes livros encontram-se alguns de seus contos que viriam a se tornar clássicos da literatura brasileira, como Miss Dollar e Ponto de Vista. (Sumário escrito por Leni)

Book cover Helena

Helena é o terceiro romance de Machado de Assis e foi publicado entre agosto e novembro de 1876 como folhetim. O livro se inicia com a morte do Conselheiro Vale, funcionário do governo que criou certa fortuna no Brasil Império. O Conselheiro é retratado como homem de ótimas relações na alta sociedade carioca e de certa inclinação à vida boêmia. De seu sucesso como figura pública, a família herda tanto uma fortuna considerável quanto relações duradouras com detentores do poder do Brasil da época: padres, médicos e políticos...

Book cover Mão e a Luva

A mão e a luva, romance publicado em 1874, é considerado por parte da crítica como um dos melhores de Machado de Assis, possivelmente o melhor romancista da literatura brasileira. A história de Guiomar, jovem ambiciosa, afilhada de uma baronesa, que deve escolher entre três homens qual deles oferece melhores vantagens em um casamento, é lida como uma análise da sociedade ambiciosa e da falsa inocência.

Book cover Casa Velha

Com o fim de escrever um livro sobre a história do Primeiro Reinado, um cônego procura conhecer uma casa onde morou um ex-ministro, na qual havia papéis que o ajudariam na sua pesquisa. Durante esta pesquisa, o cônego torna-se grande amigo da família. Deste modo, vê na amizade de Félix (filho da dona da casa, D. Antônia) e Lalau (uma agregada da casa) uma possível paixão. No desenrolar da trama, descobre que sua observação estava correta. Este romance esquecido de Machado de Assis foi redescoberto somente no século XX, tendo sido, até a obra de John Gledson, considerado uma novela de importância secundária...

Book cover Esaú e Jacó

Esaú e Jacó é o penúltimo livro de Machado de Assis, lançado em 1904. No título do livro, o autor remete à contrariedade entre os irmãos Esaú e Jacó da narrativa bíblica, para servir de paralelo à história de vida dos irmãos Pedro e Paulo, filhos da alta burguesia carioca, que vivem a passagem do Brasil império para o Brasil república: Paulo se põe do lado dos republicanos, Pedro dos monarquistas. A contraposição de temperamento dos dois irmãos, assim como os constantes debates...

By: Jose de Alencar (1829-1877)

Senhora by Jose de Alencar Senhora

Senhora é um dos mais importantes clássicos da literatura brasileira, e o terceiro livro do mesmo autor que analisa a situação da mulher na sociedade brasileira do século XIX. Através da história de amor e separação entre Aurélia e Fernando, o autor critica a decadência da elite cortesã, a importância dada ao dinheiro e os casamentos por interesse. O romance, dividido em quatro partes, reflete este objetivo em sua própria estrutura, em que imita uma transação comercial: preço, quitação, posse, resgate...

By: José de Alencar

Cinco Minutos by José de Alencar Cinco Minutos

Cinco minutos é o primeiro romance do escritor brasileiro José de Alencar, nome proeminente do romantismo no país. Foi publicada em 1856 em forma de folhetins pelo jornal Diário do Rio de Janeiro. Ao final de alguns meses, com todos os capítulos já publicados, esses foram juntados em uma única edição que foi oferecida como brinde para os assinantes do jornal. No entanto, diversas pessoas que não assinavam o jornal, procuraram um volume do livro.A obra é escrita na forma de carta a uma prima do autor, D...

A Viuvinha by José de Alencar A Viuvinha

A Viuvinha é um romance de autoria de José de Alencar, escritor brasileiro, publicado em 1857. A obra inclui-se entre os chamados romances urbanos, que retratam os costumes da sociedade carioca do Segundo Reinado. Jorge, um jovem que herdara uma boa fortuna do pai, planeja casar-se com Carolina, uma bela moça que conhecera na igreja. Um dia antes do casamento, porém, ele descobre que a empresa do pai estava falida, em função dos gastos demedidos do rapaz. O suicídio lhe parece a única solução, e a graciosa Carolina é deixada viúva no dia seguinte ao seu próprio casamento.(Resumo escrito por Leni)

Book cover Diva

"Diva", publicado em 1864, um dos três "perfis de mulher" de José de Alencar, tem como personagem principal e narrador Augusto Amaral, que conta, através de cartas, a história de seu encontro e paixão pela jovem Emília, rica herdeira, acostumada a ter todos as suas ordens e caprichos atendidos. Publicado logo após "Lucíola", obra de maior sucesso, "Diva" tem em comum com aquele o pano de fundo, também a corte imperial brasileira, no Rio de Janeiro, e a crítica à sociedade frívola frequentadores dos salões...

By: José Maria de Eça de Queirós (1845-1900)

Book cover Relíquia

A Relíquia é um romance do escritor português Eça de Queirós, publicado em 1887. Uma de suas obras mais irreverentes e mais fantasiosas, "A Relíquia"pode ser lida como uma sátira ao catolicismo em Portugal, ou, mais amplamente, ao conservadorismo, através das memórias do narrador Teodorico Raposo, que, para herdar a fortuna da tia velha e solteirona, vive uma vida dupla: extremamente católico e devoto para a família, mas um ébrio galanteador junto aos amigos. Como prova cabal de sua devoção,...

By: Leandro Gomes de Barros

Coletânea de Leandro Gomes de Barros by Leandro Gomes de Barros Coletânea de Leandro Gomes de Barros

Leandro Gomes de Barros é considerado por alguns como o primeiro escritor brasileiro de literatura de cordel, tendo escrito mais de 230 obras. No seu tempo, era cognominado O Primeiro sem Segundo, e ainda é considerado o maior poeta popular do Brasil em todos os tempos, autor de vários clássicos e campeão absoluto de vendas, com muitos folhetos que ultrapassam a casa dos milhões de exemplares vendidos. Compôs obras-primas que eram utilizadas em obras de outros grandes autores: Ariano Suassuna, por exemplo, utilizou a história do cavalo que estercava dinheiro no seu Auto da Compadecida...

By: Lima Barreto

Triste Fim de Policarpo Quaresma by Lima Barreto Triste Fim de Policarpo Quaresma

Triste Fim de Policarpo Quaresma é um romance do pré-modernismo brasileiro e considerado por alguns o principal representante desse movimento.Escrito por Lima Barreto, foi levado a público pela primeira vez em folhetins, publicados, entre Agosto e Outubro de 1911, na edição da tarde do Jornal do Commercio do Rio de Janeiro. Em 1915, também no Rio de Janeiro, a obra foi pela primeira vez impressa em livro, em edição do autor.O romance discute principalmente a questão do nacionalismo, mas também fala do abismo existente entre as pessoas idealistas e aquelas que se preocupam apenas com seus interesses e com sua vida comum...

Contos by Lima Barreto Contos

Lima Barreto começou a sua colaboração na imprensa desde estudante, em 1902, no A Quinzena Alegre, depois no Tagarela, O Diabo, e na Revista da Época.Em jornais de maior circulação, começou em 1905, escrevendo no Correio da Manhã uma série de reportagens sobre a demolição do Morro do Castelo.Daí em diante, colaborou em vários jornais e revistas, Fon-Fon, Floreal, Gazeta da Tarde, Jornal do Commercio, Correio da Noite, A Noite (onde publicou, em folhetim, Numa e a Ninfa), Careta, ABC, um novo A Lanterna (vespertino), Brás Cubas (semanário), Hoje, Revista Souza Cruz e O Mundo Literário...

By: Luís Vaz de Camões (c.1524-1580)

Os Lusíadas by Luís Vaz de Camões Os Lusíadas

Camões (1524-1580) é o maior poeta da nossa língua, e Os Lusíadas a sua obra maior. Publicada em 1572, é poema épico em dez cantos, narrando os feitos dos Portugueses em suas guerras e descobertas marítimas, em uma visão maravilhosa e exaltada, grandiosa e de comovente patriotismo. Apesar das barreiras que se põem ao leitor moderno, as referências mitológicas às vezes recônditas, as menções a episódios e personagens históricos menos conhecidos, a sua modernidade é surpreendente e a pessoa do poeta se impõe admirável, concreta e única em sua genialidade. A força da linguagem, a beleza dos seus versos, desafia qualquer comentário.

By: Luis Vaz de Camões (1524-1580)

Sonetos – Poemas de Amor by Luis Vaz de Camões Sonetos – Poemas de Amor

Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 10 de Junho de 1580) é frequentemente considerado como o maior poeta de língua portuguesa e dos maiores da Humanidade. O seu gênio é comparável ao de Virgílio, Dante, Cervantes ou Shakespeare. A obra lírica de Camões foi publicada como “Rimas”, não havendo acordo entre os diferentes editores quanto ao número de sonetos escritos pelo poeta e quanto à autoria de algumas das peças líricas. Alguns dos seus sonetos, como o conhecido “Amor é fogo que arde sem se ver”, pela ousada utilização dos paradoxos, prenunciam o Barroco...

Sonetos – Poemas Filosóficos by Luis Vaz de Camões Sonetos – Poemas Filosóficos

Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 10 de Junho de 1580) é frequentemente considerado como o maior poeta de língua portuguesa e dos maiores da Humanidade. O seu gênio é comparável ao de Virgílio, Dante, Cervantes ou Shakespeare. A obra lírica de Camões foi publicada como “Rimas”, não havendo acordo entre os diferentes editores quanto ao número de sonetos escritos pelo poeta e quanto à autoria de algumas das peças líricas. Alguns dos seus sonetos, como o conhecido “Amor é fogo que arde sem se ver”, pela ousada utilização dos paradoxos, prenunciam o Barroco...

By: Machado de Assis (1839-1908)

O Alienista by Machado de Assis O Alienista

O Alienista follows a famous psychiatrist obsessed with discovering the universal panacea to cure every kind of mental malady. In his missionary zeal, he consigns not just the mentally dysfunctional but also perfectly healthy and well adjusted ones to his newly opened asylum, since he believes that prevention is better than a cure. A revolt breaks out among the villagers. The good doctor now believes that “normalcy” is a malady and needs to be cured which takes the story on a bizarre turn. O Alienista is a satire written by the Brazilian writer Machado de Assis...

Desencantos by Machado de Assis Desencantos

Desencantos é uma curta peça em dois atos, obra da juventude de Machado de Assis, publicada muito antes do seu livro de poemas, “Crisálidas” e de seus muito famosos romances. (Sumário escrito por Leni)

By: Olavo Bilac (1865-1918)

Poesias Infantis by Olavo Bilac Poesias Infantis

Esta é uma recolha de poesias infantis, do autor brasileiro Olavo Bilac, lidas em português por uma criança brasileira. This is a collection of children’s poems by the Brazilian writer Olavo Bilac, read by a Brazilian child.

Contos para Velhos by Olavo Bilac Contos para Velhos

Olavo Brás Martins dos Guimarães Bilac (Rio de Janeiro, 16 de dezembro de 1865 — Rio de Janeiro, 28 de dezembro de 1918) foi um jornalista e poeta brasileiro, membro fundador da Academia Brasileira de Letras. Criou a cadeira 15, cujo patrono é Gonçalves Dias. Sua obra compreende além de poemas, textos publicitários, crônicas, livros escolares e poesias satíricas. Foi considerado na sua época, o "Príncipe dos Poetas Brasileiros".Juntamente com Alberto de Oliveira e Raimundo Correia, foi a maior liderança e expressão do Parnasianismo no Brasil, constituindo a chamada Tríade Parnasiana...

By: Padre Antônio Vieira

Sermões by Padre Antônio Vieira Sermões

O Padre Antônio Vieira foi um religioso português – mas mais do que isso, foi um exímio escritor e elemento influente na política do século XIX. Tendo vivido parte da vida no Brasil e parte em Portugal, Vieira deixou uma obra complexa, em estilo barroco, na qual demonstra familiaridade com a literatura antiga (com influências marcantes de Cícero e Sêneca), com os escritos cristãos e com a filosofia de sua época. Apresentamos aqui uma recolha de alguns de seus sermões mais conhecidos...

By: Raul Pompéia

Book cover O Ateneu

O Ateneu é um romance do escritor brasileiro Raul Pompeia, considerado como o único exemplar de romance impressionista na literatura brasileira.Publicado pela primeira vez em 1888, o livro conta a história de Sérgio, um menino que é enviado para um colégio interno renomado na cidade do Rio de Janeiro, denominado Ateneu. Comandado pelo diretor Aristarco, o colégio mantém regras rígidas e princípios da aristocracia da época. A obra critica a sociedade brasileira do final do século XIX, tomando como metáfora o Ateneu, seu reflexo, um lugar onde vence sempre o mais forte.(Sumário extraído da Wikipedia)

By: Vários

Coleção de Autoras em Português by Vários Coleção de Autoras em Português

A literatura lusófona, do século XVII ao século XX, vem aqui representada por algumas de suas maiores escritoras.

By: Various

Coleção de Contos Brasileiros 001 by Various Coleção de Contos Brasileiros 001

Nesta coleção, a diversidade da literatura brasileira está representada em quinze contos, lidos com sotaques que também refletem a variedade da Língua Portuguesa.Collection of Brazilian Short StoriesThe diversity of Brazilian literature is represented through the fifteen short stories in this collection, read by voices that also reflect the diversity of the Portuguese language.

Coleção de Poemas em Português by Various Coleção de Poemas em Português

Para esta Coleção de Poemas em Português, os voluntários de escolheram seus poemas preferidos em português, escritos por autores tanto portugueses como brasileiros. A produção poética em Língua Portuguesa vem aqui representada, do século XVI ao início do século XX.This Collection of Poems is inin Portuguese, written by both Portuguese and Brazilian authors. This project represents Portuguese language poetry ranging from the 16th through the beginning of the 20th Centuries.


Popular Genres
More Genres
Languages
Paid Books