Books Should Be Free
Loyal Books
Free Public Domain Audiobooks & eBook Downloads
Search by: Title, Author or Keyword

Paródia ao primeiro canto dos Lusíadas de Camões por quatro estudantes de Évora em 1589   By: (fl. 1608.)

Book cover

This book is a clever and witty parody of the first canto of Camões' "Os Lusíadas" created by four students from Évora in 1589. Luís Mendes de Vasconcelos skillfully merges humor with literary prowess, offering readers a humorous take on the epic poem that is both entertaining and thought-provoking.

The four students' reinterpretation of Camões' work showcases their clever wordplay and keen understanding of the original text. Through their parody, they poke fun at the grandiose language and heroic themes of "Os Lusíadas," offering a refreshing and light-hearted perspective on this classic piece of literature.

Overall, "Paródia ao primeiro canto dos Lusíadas de Camões por quatro estudantes de Évora em 1589" is a delightful and engaging read that will appeal to fans of Camões' work as well as those looking for a humorous take on a literary classic. Luís Mendes de Vasconcelos' talent for satire and parody shines through in this book, making it a must-read for anyone interested in exploring the lighter side of Portuguese literature.

First Page:

PARODIA AO PRIMEIRO CANTO DOS LUSIADAS DE CAMÕES POR QUATRO ESTUDANTES DE EVORA EM 1589.

LISBOA. NA TYPOGRAPHIA DE G. M. MARTINS. Rua do Ferregial de Baixo, 22. 1880.

As honras da parodia só ás obras do genio costumam conceder se. A divina Iliada foi parodiada em um poema heroi comico tão antigo, que geralmente se attribue ao proprio Homero; ainda que Suidas lhe dá por auctor a Pigres, irmão da Rainha Artemisa. N'esse poema, intitulado a Batrachomyomachia , a terrivel lucta dos Gregos e Troianos é reproduzida no maravilhoso combate dos ratos e das rãs. Esta corôa burlesca ainda faltava ao rival de Homero, quando o poeta Scarron primeiro marido da famigerada Marqueza de Maintenon, se lembrou de cantar:

...... cet homme pieux, Qui vint chargé de tous se Dieux Et de Monsieur son père Anchise, Beau vieillard à la barbe grise, etc.

A grande obra do unico homem de genio que talvez tenha produzido a nossa terra, não podia isentar se d'este fado inherente ás grandes celebridades. Eram apenas passados dezoito annos depois da publicação dos Lusiadas ainda a reputação de Camões não estava consagrada pelos seculos, quando alguns homens engenhosos comprehenderam que aquella obra immortal era uma d'aquellas a que a parodia era devida. O resultado de seus trabalhos não é de certo para comparar com nenhuma das espirituosas producções que ficam mencionadas; mas ainda assim não é esta inteiramente destituida de merecimento... Continue reading book >>




eBook Downloads
ePUB eBook
• iBooks for iPhone and iPad
• Nook
• Sony Reader
Kindle eBook
• Mobi file format for Kindle
Read eBook
• Load eBook in browser
Text File eBook
• Computers
• Windows
• Mac

Review this book



Popular Genres
More Genres
Languages
Paid Books